2006-08-03

Os cães e os assaltos

Ia mesmo agora deitar-me sem deixar nada escrito aqui. Um blog não obriga a uma escrita diária, até porque nem sempre se tem pachôrra (que me desculpem os amigos que acedem a ele logo pela manhã)
Entretanto lembrei-me de uma pequena conversa entre as duas senhoras que trabalham aqui nas terras e eu mesma. É tão engraçada que não resisti a contar-vos.
A história surgiu por causa de um assalto à casa de um lavrador, durante a noite e com a família a dormir, ocorrido há uns meses aqui nas imediações.
- Mas esse homem não tinha cães de guarda? - perguntei
- Tinha sim. Até que tinha mesmo. Mas devem ter feito de uma maneira que resulta sempre em quintais guardados por cães! - respondeu a D. Belmira com a concordância da D. Maria.
- Ah sim? Mas que maneira é essa?
- É entrar todo nu!! Os cães olham e nem se mexem, nem ladram, nem nada! Ficam quietinhos!
- Os cães não ladram se o homem for nu?? Que raio, nunca ouvi uma dessas. Mas há alguma explicação para isso?
- Sim, há! É que os cães pensam que é o Jesus Cristo!
Imaginam a confusão que esta informação gerou na minha cabeça. Os cães daqui também têm formação religiosa? E a terem, quem é que lhes disse que o Cristo andou alguma vez todo nu? E mesmo que andasse, como podem confundir o assaltante com o Cristo, só porque vem sem roupa? E se for uma mulher nua, que pensarão eles? Na Madalena?
Na impossibilidade de confiar, a partir de agora, na guarda dos meus cães, terei de deixar de confiar também na guarda dos meus gansos?
Deixo aqui no ar estas perturbantes perguntas.
E agora sim, vou dormir

6 comentários:

Maria Diegues disse...

Estou para aqui a rir sózinha, coisa que ultimamente nem me apetece fazer!
Essas tuas colaboradoras horticulas sabem (?) coisas muito interessantes.
Acho que deves testar se isso da nudez resulta com os cães, arranja um voluntário e depois conta-me a reacção dos teus cães...
Beijinho.

Chauffeur Navarrus disse...

Pois...pelos vistos a Maria Diegues também andou para aí a rir sózinha mas, olha que não foi a única.
A Lieve já me tinha falado deste texto, já cá veio ao blog antes de mim espreitar e, também com as lágrimas nos olhos, me ia falando do que escreveste.
Beijos

Augusto disse...

Pois..... Cristo nu..... A religiosidade popular tinha de arranjar forma de despir Cristo... e encontrou uma bem de noite, e se possível sem luar, para ninguém ver.....:::)))))
Sempre esses pormenores bucólico-humoristicos que nos deliciam....::))
Augusto

redonda disse...

Também achei a história engraçada e sobretudo muito oportuna a sugestão da primeira comentadora. Acho uma óptima ideia testar a história com um voluntário e depois contar no blog o resultado...

Anónimo disse...

Eu seria capaz de apostar que as suas colaboradoras estão certas no que diz respeito à nudez de Cristo.

É verdade que Cristo não terá andado todo nu pela terra, com certeza, mas terá estado todo nu na cruz, isso sim.

A representação habitual de Jesus Cristo crucificado, tendo um pano à volta da cintura, deve-se apenas a uma questão de pudor.

Conta o Evangelho que os soldados romanos despiram Cristo, repartiram entre si as suas vestes e lançaram sortes sobre o seu manto. Cristo ficou nu, portanto. Lembro-lhe, além disso, que os romanos eram pagãos e que, por isso, não tinham grandes preocupações com o pudor, muito menos com o pudor de um condenado à morte.

Pode ter a certeza de que Cristo esteve todo nu na cruz. As suas colaboradoras estão certas.

Carlos disse...

Gostei cara Ana...
gostei mt do seu blog.
Eu estou a iniciar um forum sobre jardinagem... espero que não se incomode, mas vou colocar o link do seu blog neste fórum!!!

http://seringas.queroumforum.com/viewtopic.php?p=7#7

Cumps
Carlos Soares